Este site utiliza cookies para otimizar a sua experiência de navegação.

ACEITO
APQuímica Logtipo

Em consonância com o Pacto Ecológico Europeu, o Governo português lançou entre 22.05.2020 e 06.07.2020 uma consulta pública à sua Estratégia Nacional para o Hidrogénio (EN-H2).

 

Esta estratégia integra o atual processo de transição energética, o qual, no contexto de recuperação económica pós-COVID19, irá coincidir temporalmente com um expectável regresso da indústria à Europa, em moldes mais sustentáveis, no que se refere a produtos base e intermédios, abrindo uma janela de oportunidade única para a Indústria Química nacional.

 

Dada a importância que o hidrogénio poderá ter para esse processo, quer enquanto produto, quer enquanto vetor energético, a APQuímica, em articulação com os seus associados produtores e consumidores de hidrogénio, apresentou contributos no âmbito desta consulta.

 

CONTRIBUTOS APQUÍMICA:   

 

Na sequência da consulta, o Governo português aprovou, a 30.07.2020, a Resolução do Conselho de Ministros que cria a Estratégia Nacional para o Hidrogénio, alinhada com a Estratégia Europeia para o Hidrogénio publicada a 8.07.2020 pela Comissão Europeia.

 

A implementação da Estratégia Nacional para o Hidrogénio integrará o desenvolvimento de um conjunto de projetos estratégicos estruturados num IPCEI (Important Project of Common European Interest) na área do hidrogénio.

 

Após um período de manifestações de interesse, no qual recebeu 74 intenções de investimento na fileira industrial do hidrogénio no montante de 16 mil milhões de euros, o Governo português selecionou 37 projetos, num investimento de cerca de 9 mil milhões de euros, para a segunda fase da preparação da candidatura portuguesa ao IPCEI Hidrogénio.

 

A indústria química assumiu um forte peso nos projetos apresentados e selecionados.

 

Links relevantes (IPCEI):